Fique ligado nas novidades do mercado

Inscreva-se em nosso site, todo mês nós vamos te mandar novidades quentinhas sobre design.

Assine

DESIGN NA PRÁTICA: CONHEÇA FERRAMENTAS QUE FAZEM A DIFERENÇA



Já falamos muito sobre design e seus benefícios no dia a dia da empresa, por isso achamos importante mostrar para você um pouquinho de como isso tudo funciona. Claro que em um pequeno post não vamos conseguir nos aprofundar em todas as ferramentas que utilizamos, mas com isso você já pode se aventurar um pouco.


Dentro de um projeto de design existem diversas etapas e isso pode mudar de acordo com o projeto, para esse exemplo vamos pegar alguns fragmentos de metodologias que podem ser aplicados em qualquer tipo de projeto.

Vamos partir do início, a primeira etapa de projeto da Ozório inicia-se no que chamamos de research, ela é fundamental, pois responde com clareza quem queremos atingir com essa ação, sabemos se alguém já fez algo parecido e se realmente existe alguma oportunidade.

Comece definindo seu público, desenhe o cenário onde ele está inserido, analise a concorrência e ao final valide todas as informações para saber se realmente vai funcionar. Esse é um modelo básico utilizado para projetos de baixa complexidade, mas pode trazer grandes benefícios quando bem aplicado.


Para definição de público alvo existe algumas dicas:


  • Comece pequeno: Não adianta querer agradar todo mundo. Selecione o nicho que sua empresa tem capacidade de atender e foque nele, com o tempo você pode expandir e conquistar novos mercados.

  • Faça um teste: Quando achar que está pronto para atender a determinado público, teste seu produto e veja se ele realmente atende as expectativas.

  • Seja sincero: Seja verdadeiro nessa definição, não esconda nada. Se você não entregar o que aquele público está esperando, vai apenas gastar energia desnecessária.


Depois de ter o público bem definido é preciso desenhar o cenário, esse pode ser feito de diversas maneiras, mas o que mais gostamos é de fazer um workshop com os envolvidos. Nessa dinâmica nos colocamos no lugar do nosso cliente e imaginamos ser os compradores do nosso próprio produto. Para isso podemos utilizar diversas ferramentas, desde rabiscos em um papel, post it ou pequena maquetes.

É importante assegurar que todos estejam confortáveis e dispostos a contribuir com o projeto.


Por fim, depois de ter o público desenhado e saber exatamente o que será feito é importante validar as informações, fazendo uma pesquisa na concorrência, ou até mesmo com o próprio público.


Claro que essa não é uma regra, mas sim uma forma de organizar as ações. Dessa maneira todos participarão e o projeto tem mais chances de obter sucesso.


Inscreva-se no nosso site que te manteremos sempre informado sobre ferramentas de design para você aplicar no seu dia a dia.


Se quiser saber mais pode dar uma olhada na nossa página de serviços, em cada um dos serviços nós disponibilizamos um pouco da nossa metodologia de trabalho.

www.ozoriods.com/servicos

#Dicasdedesign

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
RSS Feed

FIQUE POR DENTRO